sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

EXEMPLO DE ROTINA SEMANAL PARA 1ª SÉRIE


ESCRITA DO PROFESSOR - A ROTINA NA LOUSA
* A príncipio, escreva a rotina na lousa na presença dos alunos, ou melhor, para os alunos. Enquanto escreve, leia em voz alta quais serão as atividades do dia, mencionando qual delas iniciará o dia, qual virá na sequência, o que vem antes do recreio e depois dele, quais as atividades desse dia são diferentes das atividades do dia anterior (a aula de Artes, por exemplo). Registre também o dia da semana e do mês.
* Ainda com relação à data, mostre aos alunos que o dia é sempre registrado com números e não com letras, embora também seja possível escrever por extenso (explicite as diferenças). Para o mês de março, sugerimos um trabalho mais sistemático com os dias da semana e os meses do ano.
* Neste primeiro mês de aula, incentive a leitura do nome da escola pelos alunos, mas não se preocupe em fazê-los copiar o nome. Para tanto, afixe na sala de aula um cartaz sobre o assunto. Utilize o registro escrito do nome da escola também como fonte de informação sobre a escrita de uma forma geral, analisando as palavras que fazem parte dele, com quais letras elas começam, etc.
fonte: GUIA PARA O PLANEJAMENTO DO PROFESSOR ALFABETIZADOR (SMESP)

DICAS PRÁTICAS PARA O PLANEJAMENTO DO TRABALHO

Para que seus alunos possam ampliar seu conhecimento lingüístico sobre uma variedade de gêneros textuais, aprender a ler com diferentes propósitos e, assim, construir procedimentos de leitura variados, bem como construir um repertório de textos e autores, sugerimos que ao longo do 1o bimestre você considere as dicas a seguir:

1. LEIA EM VOZ ALTA TODOS OS DIAS...Textos literários: contos tradicionais, histórias contemporâneas, lendas.

2. LEIA COM ELES, EM VOZ ALTA, TODOS OS DIAS...
Parlendas, quadrinhas, trava-línguas, cantigas, poemas, adivinhas e outros textos memorizáveis.
Os textos podem estar num cartaz no mural, em um papel, com cópia para cada aluno, ou mesmo escrito na lousa.

3. PROPONHA TAMBÉM MOMENTOS DE LEITURA NOS QUAIS...
* Possam explorar livros, revistas e jornais livremente, como nos cantos de leitura.
* Possam ler, com a ajuda do professor, com diferentes propósitos.
* Possam ler, com a ajuda do professor, informações presentes no ambiente escolar, ampliando o conhecimento que já possuem sobre a função da escrita.

4. LEIA EM VOZ ALTA PELO MENOS UMA VEZ POR SEMANA...
* Um texto informativo: artigos e notícias de jornal, textos informativos sobre temas científicos (sobre animais, plantas, o corpo humano, os planetas etc.).
E TAMBÉM (pelo menos duas vezes no mês):
* Um texto instrucional: regras de jogos,
receitas culinárias...

5. CONVIDE OS ALUNOS A LER TODOS OS DIAS...
Os nomes dos colegas, as atividades do dia, o nome da escola, títulos das histórias conhecidas, títulos das cantigas e outros textos disponíveis na escola.
6. MAS ATENÇÃO...
Sempre que possível, leve o suporte no qual o texto que você selecionou foi impresso. Se for uma notícia, procure levar todo o jornal para que os alunos tenham contato com esse portador. Se for um verbete de enciclopédia, leve o volume do qual ele foi extraído. Um conto? O livro. A regra de um jogo? O folheto de instruções ou até mesmo a tampa da caixa do jogo

7. FINALMENTE, COMECE A APROVEITAR...
os seus momentos de leitura em voz alta para favorecer a integração do trabalho de leitura e de escrita com as demais áreas do currículo. Por exemplo, ao selecionar uma notícia de jornal, você pode escolher uma notícia que trate da fauna, da flora e do meio ambiente. Ou então ler um
texto informativo que tenha relação com a história do lugar, com o modo de vida de diferentes grupos sociais (como os povos indígenas) ou que relate a vida em outros tempos e em outras partes do Brasil e do mundo...
E mais ainda: ao escolher um texto para ser lido para e com seus alunos, você pode aproveitar para tratar de temas relacionados à nossa sociedade atual, ao nosso dia-a-dia. Saúde, alimentação, lixo, preconceito, preservação ambiental, a importância do idoso, respeito aos portadores de necessidades especiais, trânsito, desarmamento... são temas importantes, cuja reflexão contribui para a formação de cidadãos mais críticos. Esses temas expressam o conceito de tema transversal proposto pelos PCNs. Você ainda pode se valer dos acontecimentos mais recentes para, por exemplo, selecionar notícias de jornal e discutir o conteúdo desses textos com os alunos.

8. E REDOBRE AINDA MAIS A SUA ATENÇÃO...
no momento de selecionar os textos. Escolha sempre textos com qualidade. Evite as versões
adaptadas, que simplificam o conteúdo e a linguagem do texto. Esses textos pouco contribuem para a formação de seus alunos enquanto leitores.

E COM RELAÇÃO À ESCRITA...

1. PROPONHA QUE OS ALUNOS ESCREVAM TODOS OS DIAS...
* O próprio nome em pelo menos um dos seus trabalhos do dia, consultando ou não o cartaz com os nomes da turma.
* A data em pelo menos um dos seus trabalhos do dia, copiando-a da lousa.

2.ESCREVA PELOS ALUNOS PELO MENOS UMA VEZ POR SEMANA...
* Uma lista de palavras cujo tema tenha significado no contexto do trabalho realizado até o momento. Pode ser uma lista com os nomes da turma organizados em ordem alfabética, dos nomes e da data de nascimento para a elaboração da “Agenda de Aniversários”, dos dias da semana, dos títulos das histórias lidas, dos nomes dos personagens preferidos, dos títulos das cantigas trabalhadas...
* Cartas ou bilhetes, produzidos de forma conjunta com a turma. O assunto pode variar: bilhete para pesquisar os nomes dos familiares mais próximos, para pesquisar a letra de uma cantiga, para obter informações sobre a data de nascimento dos alunos e outros dados que possam vir a fazer parte da “Agenda de Aniversários”.
* A letra de uma cantiga, uma quadrinha, uma parlenda – eles podem ditar o texto para que você a escreva na lousa.

3. ESCREVA NA FRENTE DELES TODOS OS DIAS...
* A lista das atividades da rotina do dia, os nomes dos ajudantes do dia, os nomes das duplas/grupos de trabalho, o título do texto que será lido no momento da leitura...
Assim eles podem observar um “escritor” mais experiente escrevendo e ampliar as noções que já possuem sobre os procedimentos que envolvem o ato de escrever.
fonte: GUIA PARA O PLANEJAMENTO DO PROFº ALFABETIZADOR - TOF (SMESP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário